Vida, eterno porto de meditação
(OlhosDe£in¢e)
  Interpretação:Astir *Carr

"Poema editado em placa no Bosque Irmã Clementina
na cidade de Curitiba no dia 29 de maio de 2008,
data em que se comemora o Aniversário de Curitiba."


Na dança suave dos pássaros
entre os azuis miscíveis do firmamento,
percebo um cenário perfeito
para a meditação serena.

O sol, no findar do dia,
tinge as bordas do céu
com o vermelho dourado,
levando-me a refletir
sobre o mistério que 
envolve a vida.

Vida, mestra de sabedoria,
em que só aprende
aquele que consegue
diferenciar nos detalhes
o valor de seu existir.

Vida, eterno porto de meditação,
nuances de luzes
a iluminarem o crescer da alma!

Curitiba / Brasil
18 de junho de 2004

*******
Clique na imagem
 e envie para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!


Home 

webdesigner
*Ja(Mulher)*