SONETO DO ABANDONADO 
(Menestrel sem Juízo & OlhosDe£in¢e

Se teu amor chegasse de mansinho 
e aos poucos me envolvesse corpo e alma; 
se ele viesse me trazer carinho 
quando me desespero e perco a calma...

Esse amor que tanto espera 
de mansinho está chegando, 
trazendo infinitos carinhos 
para acalmar o seu coração . 

Se fosses o final do meu caminho 
e me surgisses numa noite calma, 
como alguém que procura um quente ninho 
para amar e aquecer o corpo e a alma... 

Na noite calma, tal qual uma brisa suave, 
em seu ninho quente me instalo, 
procurando pelo seu corpo, para amar 
na primeira de muitas noites de amor . 

Ambos unidos pelo mesmo afeto, 
tanto sincero quanto predileto, 
viveríamos horas mais amenas... 

Unidos pelo mesmo querer, 
nossas carícias regem nossos desejos 
em verdadeiros momentos de amor ! 

Mas enquanto não vens não tenho nada; 
minha vida é uma casa abandonada 
onde alguém chora a sós amargas penas. 

Seco suas lágrimas com suaves beijos, 
pois a ternura e o amor que nos une 
me faz sua para sempre!

*****

Clique na figura abaixo 
e envie esta página para até 10 pessoas 

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!


Home


webdesigner
*Ja(Mulher)*