Sobrevivente do amor
Marilda Diorio (OlhosDe£in¢e)
Interpretação:Astir *Carr

A noite chega...
O dedilhar solitário em um bandolim
ecoa melodia que sugere recordações,
despertando desejos ocultos,
transpondo o querer.

A brisa marinha
instiga a uma caminhada silenciosa
de mãos dadas com as doces lembranças,
de suave deslizar dos pés
na areia fina bordada pelos arteiros siris,
arrematada por rendas de espumas
trazidas pelo mar.

O olhar procura pelo palco das estrelas
sobre o inquietante mar,
acompanhado pelo acelerar do coração
a cada saudade sentida,
a cada suspiro desejoso,
a cada carinho levado pelo brando vento,
fazendo com que as ondas
articulem movimentos
serenos e sonhadores...

Momento de especial encanto
de uma sobrevivente do amor,
que sorri discretamente feliz
por encontrar em seu coração
o ar festivo e inconfundível
de quem aprendeu a amar
no carrossel da ilusão,
passando pela cordilheira da paixão
para chegar ao remanso do amor.

Balneário Camboriú, 13 de novembro de 2008
às 23h35min.


*******
Clique na imagem e recomende a página

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail

webdesigner:
*Ja(Mulher)*