Saudade
 (Lêda Mello)


Este vazio do sonho desfeito,
Esta lembrança sem repouso e ninho
É como chaga maltratando o peito.
Sonhar a dois, depois seguir sozinho...

Doces castelos jazem no passado
Deixando n'alma a dor da despedida
Sem um alento, coração cansado
Segue o caminho. É a lei da vida.

Amar com alma e ter no peito a sina
De uma saudade que jamais termina,
Coragem pra seguir... Somente Deus!

Ainda que distante a felicidade
E que o amor conviva com a saudade,
Às vezes, é melhor dizer ADEUS.

Arapiraca (AL) - Brasil
 
*********
 
Créditos:
 Midi:moonlight_love
Imagem: Fazenda Santa Rita (uso exclusivo
do site OlhosDeLince. Proibido uso e reprodução)
 

*********

Clique na imagem e envie para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail
 


webdesigner:
*Ja(Mulher)*


melhor visualização: 1024x768
 

 

                        Foto digital: Silvane Sabóia