Quem sabe... Um dia !
(OlhosDe£in¢e)
Interpretação:Astir *Carr

Quem sabe um dia
Eu entenda a brisa
Que passou por mim
E virou um vendaval...

Quem sabe um dia
Eu entenda que o seu carinho
Foi realmente sincero
E que seu amor de fato existiu.

Quem sabe um dia
Eu entenda que o vulcão
Que você ativou
Haviam nas larvas
Desejos
E que a erupção do amor
Foi real.

Quem sabe um dia
Eu entenda que a minha decisão
De desistir de você
Foi à mando de Deus
Para não assistir
À sua despedida
Sem chances de retornar.

Quem sabe um dia
Eu entenda que você
Foi meu e eu fui sua
Que nossos sonhos
Delineados à dois
Existiram
Mas foram interrompidos
Por ordem de Deus.

Quem sabe um dia
Eu entenda que você
Preferiu ferir o meu coração
Para que eu não o visse sofrer
Na hora do adeus
Imposto por DEUS.

Quem sabe um dia
A eternidade
Seja o nosso final feliz !

Curitiba/Brasil
27/10/2006
Às 2h25


*********

Clique na imagem e envie para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail

OlhosDe£in¢e


webdesigner:
*Ja(Mulher)*