Quando se ama desenfreadamente,
encontramos tantas desculpas
para quem amamos,
que somos impedidos de sentir as chagas
há muito incrustadas no
coração borbulhante de paixão.

O amor de paixão... não atende a razão!

Marilda Diorio (OlhosDe£in¢e)

*********

Cuando se ama desenfrenadamente,
encontramos tantas disculpas
para quien amamos,
que nos impiden sentir las llagas
incrustadas tiempo atrás en el
corazón burbujeante de pasión.

¡El amor con pasión... no atiende a la razón!

Marilda Diório(OlhosDe£in¢e)

-Versión en español por Eduardo e Irany Lecea-
 

Créditos:

midi: Cortazar - Do You Remember
Imagem: Fazenda Santa Rita (uso exclusivo
do site OlhosDeLince. Proibido uso e reprodução)

*********

Clique na imagem e envie para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail
 


webdesigner:
*Ja(Mulher)*

melhor visualização: 1024x768
 

 

                        Foto digital: Silvane Sabóia