Noite dos amantes
(Fatima Dannemann)

Noite e o vento como açoite
chicoteia nuvens 
e chove...
Noite.
Na caixa
o ultimo som da festa que se acaba
no poste, ultimo lampejo de luz
antes da madrugada...
Noite...
E estrelas piscam docemente
lembrando que
a noite é dos amantes...
E alguem canta
do you believe in love at first sight...
e respondem 
que todo amor acontece a primeira vista
ou a primeirva vista
ou a primeira voz
ou num momento qualquer que sempre será o primeiro
o primeiro suspiro
após o primeiro beijo
ou o primeiro gemido
após a primeira noite,
o primeiro sol
após a noite dos amantes...
e alguem canta
e faz juras de amar eternamente na chuva ou no sol
enquanto as estrelas falam sobre a noite...
E o vento que corta como açoite pede aconchego
e a chuva que molha a grama dormente
abençoa os beijos que pipocam entre goles de champanhe...
Morangos com creme derretem numa taça
como beijos na sacada
enquanto uma guitarra ponteia 
o ultimo som do baile que termina...
E é noite...
Hora de chegar pra cá e pra lá...
Momento de ficar a sós com mais alguem e ai...
existirá apenas um segredo...
existirão apenas paredes como testemunhas...
E o vento que corta convida ao aconhego
e a lua lembra que a noite é dos amantes
no poste, os ultimos raios de uma luz fria
antes da madrugada...
And do you believe in love at first sight?
E alguem acredita em amor a primeira vista
ao primeiro toque
ao primeiro beijo
ao primeiro bom dia após a noite
que é dos amantes
com consentimento da lua.

http://solopoetas.blig.ig.com.br


*****
Clique na figura abaixo 
e envie esta página para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

 Home

http://www.olhosdelincemarilda.com

webdesigner:
*Ja(Mulher)*