Na noite
(Caio Lucas & OlhosDe£in¢e)

Na sua escuridão uma esperança,
o nada do negro é o tudo dos sentidos,
existem milhares de segredos guardados,
a noite é rasteira, infiel à sua lua.

Na noite existe o silêncio
que capta na surdina 
corações que acelerados 
esperam ouvir um eco em outro coração!

Esqueci meus pedaços pelas madrugadas, 
como um amor suave ela toma, suga,
rouba seus pensamentos, seus planos,
mas também te consola, te acalenta.

Nos pedaços dos sentimentos 
que ficam esparramados, 
a noite sorri discretamente 
sabendo que o ser solitário,
tenta juntar os partículas 
em um novo sonho de amor!


Manto negro e nu, não mete medo,
meu perfume mistura-se ao seu insosso,
alguns sonhos são guardados até o amanhecer,
outras vezes lapidados ou mortos antes de nascer.

Não esqueça que sonhos também 
são eternos em nossas madrugadas.
A noite sorrateira espia sempre 
a silhueta absorta a sonhar. 

Ouço gritos de prazeres no seu fundo negro,
os sem nomes se fartam de beijos e de paixões,
em outros, impera a tristeza, o silêncio mortal,
fico à espreita, os olhos atentos à caça da luz.

Ah! Noite escura e silenciosa 
palco de amores furtivos, escandalosos, 
suaves e inícios de novos amores. 
Noite de segredos e histórias mil.

Pare, noite! Facho negro mascarado de estrelas,
meu coração sente a ausência do calor,
minha esperança está amarelada pelos sem luz,
você é o invisível desejo escondido dos amantes.

Não deixe a noite parar, lindo poeta! 
Deixe-a desenhar cenas ilusórias... 
Deixe-a escrever histórias de amor...
Deixe-a cantar melodias tristes e carregadas de saudades...

Guardo nas noites meus pequenos sonhos,
amiga incomum das minhas caminhadas sem destino,
minha procura acaba nas manhãs, vem o sol,
com o brilho vai minha calma, é dia, boa-noite, noite.

Quando a noite dorme o sol aparece,
adormecemos nossos sonhos, 
recolhemos nosso olhar sonhador
na espera da próxima noite!

*****
Clique na figura abaixo 
e envie esta página para até 10 pessoas 


CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!


Home

webdesigner:
*Ja(Mulher)*