Meu coração
(Tadeu)

Meu coração.
Esse animal selvagem
Indomável, indomado
Sempre em sonhos, eterna viagem
Pra esconder, a sua dor. Calado.
Meu companheiro de eternas aventuras.
Meu refúgio, após as desventuras.
Um pedacinho, assim tão pequenino
Que me transforma, sempre num menino.
Ao vislubrar um novo amor, assim.
E quando vem a solidão, em mim.
É o coração que me consola sempre.
Pois diz que tudo passa nessa vida.
Que nada dura eternamente.
E o tempo cura todas as feridas.
Mas coração, não me faça sofrer.
Olhe em volta, tente perceber.
Seja um pouco mais criterioso.
Não se apaixone, assim tão facilmente
Seja um pouco mais malicioso
Ao se entregar
Tome o maior cuidado.
E não cometas o grande pecado.
De amar alguem que não te pode amar.

***********

Coração,
absoluto no seu querer.
(OlhosDe£in¢e)

Muitas vezes,
os versos são conselhos
que o coração,
teima em não ouvir !

O que fazer,
se o coração
é absoluto em seu querer?
Ele não nos pede licença para abrigar um amor.

O coração não quer saber
se o amor que acolhe em suas paredes, trará flores
ou deixará cicatrizes .

Só nos restar tentar... Sempre tentar...
Encontrar o lindo e verdadeiro amor
que tanto procuramos .

Que o amor seja bem-vindo até que dure...

Curitiba, 12 de agosto de 2006

*********

Clique na imagem e envie para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail

OlhosDe£in¢e

webdesigner:
*Ja(Mulher)*