Memória
 (Vera Mussi)

No aceno de versos esparsos,
a memória invade
o deserto das areias brancas...
Viaja nas ondas da saudade,
lânguida e pueril ...

Passeia por todos os momentos
da história de mim...
De coração aberto e sem qualquer rodeio,
Desperta-me do sonho-fim!

Clara visão, do antes e do depois...
Culminante
Nada ficou perdido...
Um amor querido, amadurecido
em mãos que foram amantes

Ao longe, um oásis adormecido...
Pequena lembrança
enfeita o olhar-criança.
Aventura perfeita de outrora...

Uma saudade pequena
com a graça da felicidade plena
Demorada esperança
transcende antigo sonho,
realizado no alto dos Céus do Agora...

A imagem do cenário
traduz a linguagem de um amor,
Só história!
Entre sóis e luas...
resgata a saudável memória!
Deseja lembrar a marca do sentimento,
tão vivo no pensamento!

Devolve ao Amor o que restou
nas cordas do coração que
um dia se apaixonou...
- Sublime canto da emoção feliz
A raiz da memória, no tempo eterno...
Tudo resgatou!

_____________________

" O que a memória ama,
fica eterno."
( Adélia Prado)

http://www.veramussi.com.br
 

 
*********
 
Créditos:
 Midi:Pathetique symphony - Strings Orquestre
Imagem: Fazenda Santa Rita (uso exclusivo
do site OlhosDeLince. Proibido uso e reprodução)
 

*********

Clique na imagem e envie para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail
 


webdesigner:
*Ja(Mulher)*

melhor visualização: 1024x768
 

 

                        Foto digital: Silvane Sabóia