Marcas do tempo
(Marcial Salaverry
)

Enquanto dormias,
fiquei teu rosto olhando,
absorto admirando,
as marcas que o tempo deixou...
E que a vida acentuou...
Os cabelos embranquecidos,
atestando os anos vividos...
As rugas de teu rosto,
o que pelo tempo foi imposto...
Quanta vida
foi por nós vivida...
E nessa vida... quanto amor...
E também alguma dor...
O caminho não é só de flores...
Existem espinhos que causam dores...
Com os filhos, preocupações...
Mas, sempre unindo nossos corações,
encontrávamos as soluções...
Problemas pela idade causados,
com amor sempre foram afastados...
Problemas de convivência,
sempre exigindo paciência...
As rugas encontradas...
Outras marcas pelo tempo deixadas...
Tudo fomos superando...
Sempre muito nos amando...
E na prova derradeira...
Superamos a maior barreira...
E agora... mão na mão...
Coração a coração...
Dizemos em uníssono,
EU TE AMO, MEU AMOR.

*********
 
Créditos:
 Midi:El dia que me quiera - Execução: Raul Di Blasio
Imagem: Fazenda Santa Rita (uso exclusivo
do site OlhosDeLince. Proibido uso e reprodução)
 

*********

Clique na imagem e envie para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail
 


webdesigner:
*Ja(Mulher)*


melhor visualização: 1024x768
 

 

                        Foto digital: Silvane Sabóia