Esse tal de amor
Marilda Diorio (Olhosde£in¢e)

Esse tal de amor... Nada avisa:
Ele chega, se instala,
abusa do coração, se farta,
vai embora deixando rastros
que se apagarão, quando finalmente
se entender que não era amor...
Era somente desejo e paixão.

O amor verdadeiro vai além das estrelas...

Curitiba, 05 de agosto de 2009
Às 23h

**********
Paixão enganosa
(Marcial Salaverry)

Sensação enganosa a paixão...
ilude muito nosso coração,
e nossa razão...
Desperta uma forte emoção,
dando uma sensação,
que nos faz perder o chão...
Pensamos amar,
quando só chegamos a nos apaixonar...
Mas a paixão é fugaz...
apenas tira nossa paz.
Sentir amor, realmente,
é uma sensação diferente...
Sentimos muita tranquilidade,
que nos leva à felicidade...
Um tranquilo amor,
dando à vida aquele gostoso calor...
Na juventude, podemos viver tais emoções...
Na maturidade, devemos acalmar nossos corações...
Com um amor de muito tempo,
não temos contratempo...
Encontrar junto com o amor, a amizade,
e assim poder desfrutar do que é felicidade...


**********

Esse tal de amor
(
Ilka Bosse)

De santidade em "santidade"
Acaba-se conhecendo a falsidade
que não raro, se denomina AMOR
do qual, não se revela a cor...

Chega qual "amor-bandido"...
Em silêncio, disfarçado, fingido
Fazendo mil promessas...
Outras mil juras confessas!

Suas pegadas fortes e fundas
ficam cravadas no coração
Autentica intenções vagabundas
...rastreando nossa emoção

Vive-se o momento feliz
Fica-se atônita, quando diz:
Tudo não passou de ilusão
Foi apenas uma mera paixão!

Palavras definham na garganta
...e ao falar de amor, espanta!
Então, vamos com muita cautela
Amor não nasce às "tontas"
...em qualquer "ruela"!
...vasculhando ao nosso redor
vamos identificar melhor
sem se indispor...
ESSE TAL DE AMOR

Ilka Bosse
Bailarina das Letras
Blumenau-SC-Brasil-28/08/2009


Midi: all_the_way
 

***********
Clique na imagem e recomende a página

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail

webdesigner:
*Ja(Mulher)*