Descompasso
 (Lêda Mello)

Como o passar do tempo é vagaroso
quando marcando momentos de espera!
Presença e ausência no peito ansioso
então se alternam real e quimera.

Como conter o vôo da emoção?
Cada segundo é hora de tormento,
pulso acelera na agitação,
na antecipação do encontro, o momento.

Contar das horas, minutos, segundos,
nessa ansiedade, suspiros profundos
marcam compasso p'ra o vagar perdido.

Então à porta surge o ser amado
e no momento do encontro esperado
o descompasso é todo esquecido.

Arapiraca (AL) - Brasil
 
*********
 
Créditos:
 Midi:moonlight_love
Imagem: Fazenda Santa Rita (uso exclusivo
do site OlhosDeLince. Proibido uso e reprodução)
 

*********

Clique na imagem e envie para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail
 


webdesigner:
*Ja(Mulher)*

melhor visualização: 1024x768
 

 

                        Foto digital: Silvane Sabóia