Começaria Tudo Outra Vez
INTERPRETAÇÃO: MÁRCIA DIP
Letra e música: Gonzaguinha/(1976)

Começaria tudo outra vez, se preciso fosse meu amor.
A chama em meu peito ainda queima, saiba, nada foi em vão,
A cuba-libre da coragem em minhas mãos,
A dama de lilás me machucando o coração,
Na sede de sentir seu corpo inteiro coladinho ao meu.

E então eu cantaria a noite inteira,

Como já cantei , eu cantarei

As coisas todas que já tive, tenho e sei que um dia terei.

A fé no que virá e a alegria de poder olhar pra trás
E ver que voltaria com você,
De novo, a viver nesse imenso salão.

Ao som desse bolero, a vida, vamos nós
E não estamos sós, veja meu bem,
A orquestra nos espera, por favor
Mais uma vez, recomeçar...

*********
 
Créditos:
Imagem: Fazenda Santa Rita (uso exclusivo
do site OlhosDeLince. Proibido uso e reprodução)
 

*********

Clique na imagem e envie para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail
 


webdesigner:
*Ja(Mulher)*


melhor visualização: 1024x768
 

 

                        Foto digital: Silvane Sabóia