Caminhos
 (Rosângela do Valle Dias)

Nos caminhos que conduzem à solidão,
dois amores,
perdidos entre as distâncias,
não conseguem, por mais que tentem,
ultrapassar os cruzamentos da vida.
A escolha certa, na próxima bifurcação,
quem sabe os unirá num tempo onde os
minutos se eternizam?
Lá, nesse tempo, os olhos falarão com
a luz da felicidade e em cada caminho
um anjo ofertará uma rosa.

BH/MG
13/outubro/2009
POEMETO DA SÉRIE "PEDAÇOS DE MIM"
 
*********
 
Créditos:
 Midi: 0ne_more_kiss- Renato Coelho
Imagem: Fazenda Santa Rita (uso exclusivo
do site OlhosDeLince. Proibido uso e reprodução)
 

*********

Clique na imagem e envie para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail
 


webdesigner:
*Ja(Mulher)*

melhor visualização: 1024x768
 

 

                        Foto digital: Silvane Sabóia