Sou Astir Abi Rached Carrascosa, mais conhecida como Astir*Carr, aqui nesse mundo virtual.   Minha família é numerosa e muito unida, e louvo a Deus por ela.
Sou casada com Edio Carrascosa há 39 anos, temos um casal de filhos e uma neta,
eles são a razão de nossas vidas. Nasci e moro em Araraquara, interior do Estado de São Paulo.

Muitos podem estranhar o que uma professora de Matemática está fazendo em meio a poesias.

Explico:Desde cedo tivemos o costume de ler muito e passei essa paixão aos meus dois filhos que não ficam sem um bom livro para “devorar”.
A poesia sempre me acompanhou, desde a infância, na adolescência e na fase adulta.
Poetas e pensadores sempre tiveram um espaço especial em minha vida e em minhas salas de aulas, pois ao iniciá-las, colocava um pensamento após colocar a data, que serviam de reflexões para os jovens confiados à minha função de educadora, além de professora.

Minha performance como intérprete de poesias começou há oito anos, quando fiz a interpretação de poemas de Olavo Bilac e Olegário Mariano, dois dos nossos grandes imortais que admiro muito.
As gravações na época eram muito rudimentares, sem nenhum recurso, mas mesmo assim agradaram aos amigos que as recebiam através dos meus e-mails.
Estava nessa época fazendo cursos de PSP e animações, e nas tarefas enviadas às moderadoras do curso, eu colocava poemas com minhas declamações.
Por esse motivo, fui convidada para grupos de poesias e vez ou outra, fazia um carinho aos poetas gravando alguns de seus poemas, hábito que ainda tenho.
Um dia, o poeta Antonio Manuel Abreu Sardenberg, disse-me que devia explorar melhor esse "talento" e fazer profissionalmente essas interpretações, que ele, inclusive, gostaria de ter seus poemas interpretados por mim.
Fiz-lhe vários e alguns deles estão em seu site "Alma de Poeta", numa página em que colocou apenas poesias declamadas por ele e por mim.
Depois a querida amiga e grande poeta Antonieta Elias Manzieri, solicitou-me alguns trabalhos nas formatações de seus poemas e nas interpretações dos mesmos, o que nos trouxe grandes alegrias pelos retornos carinhosos dos amigos.

Tenho algumas gravações no "Recanto das Letras", onde queridos poetas levaram-me consigo acompanhando as suas letras.

 Recebi o honroso convite da querida e grande poeta Marilda Diório, "OlhosDe£in¢e", para fazermos esta página, onde os que procuram momentos de sonhos, de paz, de reflexão, de esperança, de qualidade, aqui encontrem o local que aplaude a vida e faz do virtual um bom momento!
Desfrutem!


Interpretações
Poemas

A alma em poema
Absorta na saudade
A continuidade da vida...Nas lembranças de você
A descoberta do amor

Adeus consciente
A emoção de amar você
A estreita janela da percepção
A face direita do amor

A falta de você
Acreditei

A luz que se acende
Ah!... se eu pudesse
Ah! Vontade danada...
Amor discreto
As nuvens passam...

Às vezes...
Até quando...Até quando...
Ausência de você

Cais das lembranças
Camuflagem
Carinho
Como vai meu amigo, minha amiga?
Contando os anos...
Conto de fadas

Desejar o impossível
Dilema

Eu quero ir...
Encontro esperado...
Entrada livre

Feitiço da lua

Há de haver...

Hoje

Infinito

Labirintos da vida
Lembranças...Lembranças

Momento mágico

Na intimidade do amor
Natal...Partilha de um momento
No balanço do vento
No entardecer das lembranças
Novo amanhã

O baile da vida

Partidas e chegadas
Pensar....Pensar

Poesia...Meu doce cantar
Psiu...! Você, homem!

Quando o amor chamar...

Quem sabe... Um dia !

Recordar você

Se eu pudesse...Eu faria agora!
Segredos do coração
Sensações...
Sobrevivente do amor
Sonhar...sonhar...sonhar...
Sublime é o amor

Tempo vai....Tempo vem....
Tomara...

Vida, eterno porto de meditação
Virtual...diferentes caminhos
 

Textos de opinião
Contemplação d'alma
Namorar depois dos cinquenta

O corpo belo de ontem 
 

Midi:Begin  thea beguine

*********

Clique na imagem e envie para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail

OlhosDe£in¢e


webdesigner:
*Ja(Mulher)*