As noites sem você
( Menestrel sem Juízo &
OlhosDe£in¢e)

As noites são infindas sem você
e me pergunto: Agora o que será
de quem amou-a tanto e não a vê
e pensa que jamais a esquecerá?!

Assim como suas noites,
as minhas são intermináveis...
Amá-lo foi sublime, que
esquecê-lo será impossível!

Triste infeliz daquele que não crê:
sem esperança como esperará?
Menos perdido quem não sabe o que
lhe reserva o caminho que virá!

Acreditar no amor é tudo que tenho .
Esperar pelo seu carinho
me conduz a esperança,
de tê-lo um dia ao meu lado.

Ambos, no entanto, sofrem amarguras:
(quem pode ler as páginas futuras ?!);
pois um tem a descrença, outro a incerteza...

Você está certo nas amarguras,
mas engana-se em dúvidar do futuro.
Pois a incerteza e a descrença,
deram lugar a esperança !

Eu que tenho em meu ser os dois tormentos
preciso seu amor nestes momentos
em que mergulho na maior tristeza!...

Embrulho a sua tristeza
envio-lhe o meu olhar
que abriga as estrelas
e faço do meu amor o seu sustento.

 *****

Clique na figura abaixo 
e envie esta página para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!


 Home


OlhosDe£in¢e


webdesigner
*Ja(Mulher)