Texto de opinião
"Aprendiz da sobrevivência"
Marilda Diório(OlhosDe£in¢e)

Viver é estar em contínua aula... é aprender com a adversidade, com a maldade que a vida nos impõe, com o sorriso de um momento feliz. A incógnita em que vivemos nos faz eternos guerreiros pela sobrevivência, aprendizes constantes.

Ao longo de nossa caminhada neste mundo, já sorrimos, já muito choramos, já enfrentamos mágoas, já sofremos dores de amor e já, em algum momento, tivemos a vontade de sumir sem deixar endereço. Porém, são tantas as lições aprendidas imposição do respirar que, devagarzinho, voltamos a pisar no chão. Assim, vamos aprendendo a serenar o coração embalando as emoções nos braços da esperança.

Entre tantos aprendizes, encontramos os que possuem a sensibilidade mais aguçada, aqueles que tentam seguir os passos do poeta que, em seus versos, abate a tristeza, revigora a alegria e navega em sonhos. Na leitura da escrita do poeta da alma existe a verdade de seus momentos, de seus sentimentos regidos pelo fervilhar da emoção e o pulsar do coração. Em cada verso desse poeta, o alarido ou o silêncio da alma expõe o momento vivido.

A procura pelo melhor caminho para se trilhar na vida é eterna. Não existe um estereótipo a se seguir. O que se encontra é a diversidade de situações solicitando o nosso entendimento até que possamos definir trajeto para a nossa serenidade. São tantos os rumos que só mesmo na vivência do dia-a-dia conseguiremos vislumbrar a direção de nossos passos.

Viver é respirar a verdade do mundo, a alegria da natureza, o cálido ou o tórrido amor em suas faces emocionantes.
 

Curitiba, 13 de abril de 2007.
Às 12h20

Midi: Ciao Ciao Bambina / Emile Pandolfi

*******
Clique na imagem e envie para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail

OlhosDe£in¢e


webdesigner:
*Ja(Mulher)*