Amores passados
(
Caio Lucas & OlhosDe£in¢e)

Era atalho, virei estrada,
meu corpo não tinha marcas,
o coração sem dono,
passei por outras e não percebi amor,
senti apenas a paixão fria,
os abraços sem a força do querer.

Em sua estrada me prostrei.
Fiz-lhe as marcas ...
Você não percebeu e
por outros braços se aninhou ...
Derrubei lágrimas , entristeci ,
me encolhi no cantinho de seu coração
e lá fiquei de mansinho
a espera de você !

Amores passados foram de mim,
o presente está apaixonado,
os dias são maiores,
cada noite menor,
todas as luzes nos iluminam,
meus vazios foram preenchidos.

Você voltou ...
Enxugou minhas lágrimas
com seus beijos ,
recolheu minha tristeza ,
me fez rainha de seu coração,
acendeu as estrelas e
coloriu os meus sonhos .

Entrei na sua vida sem pedir,
a certeza derrubou algumas barreiras,
marcamos o outro, inventamos novo amor,
fui e tomei seu corpo sem medo,
das mãos, pedi carinho;
nos olhos um compromisso; na boca o beijo.

Colei-me em sua vida,
construímos sonhos ,
reinventamos o amor ,
tornou-se posseiro do meu corpo,
fez das suas mãos os meus devaneios .
Em seus olhos li ternura,
em sua boca senti o gosto do amor .

Entreguei minha alma, nua e pura,
os sorrisos deixei junto com os beijos,
unidos, troquei a solidão por ternura,
um dia parei de gostar para te amar,
sem reservas, sem pedir, sem querer mais.
o amor é simples, é seu, é só amor.

Agasalhei sua alma na minha ,
os sorrisos se entenderam ,
a solidão virou cumplicidade,
o gostar implodiu em amor !
Sua mão segurou a minha e
a estrada antes sem vida ,
abriu-se em alamedas floridas ...
Hoje somos unos .

********
Clique na figura abaixo
e envie esta página para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

 Home

webdesigner:
*Ja(Mulher)*