Acorda, poeta!
(OlhosDe£in¢e)

Acorda, poeta!
O sol está chamando-o,
a noite espera-o para sonhar
em seu chão de estrelas...

Acorda, poeta!
Não deixe a lua entristecida,
nem deixe o mar revolto
sucumbir a sereia com açoites das ondas,
nas rochas do amor!

Acorda, poeta!
Espero pelo seu sorriso,
pela sua companhia,
pelo seu transpirar poético,
pelo seu carinho de amigo!

Vem poeta, vem?
Auxilie-me nos versos
que trôpegos esperam,
pelos seus ensinamentos...
Alegre meus olhos
diante de suas inspirações poéticos!

Vem, poeta, vem?

Curitiba, 25/ 10/ 2007
Às 17h25

Dedicado com carinho ao amigo poeta, Naldo Velho!
 

 *********

Clique na imagem e envie para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail

OlhosDe£in¢e


webdesigner:
*Ja(Mulher)*