A continuidade da vida... Nas lembranças de você
Marilda Diorio (OlhosDe£in¢e)
Interpretação:Astir *Carr

Há um gosto de saudade no ar,
no coração e na alma...

Envelhecer sem seu abraço,
sem seu olhar, sem suas mãos a brincar
no corpo que um dia foi feito de veludo
que saciou os seus e os meus desejos de amar...
É como receber o vento fustigante
em noite de tormenta.

Hoje a realidade de sua ausência,
de sua presença física em meus dias
é a certeza substituída pelas noites solitárias
em doces lembranças que
teimam em navegar em meus sonhos
pousando suavemente no sono sereno,
momento em que nossas almas se encontram,
  fazendo-me levitar nos acordes da fantasia,
 trocando deliciosas carícias,
sentindo o seu calor e o seu tão conhecido respirar
em nossas noites de amor.

Quando o dia amanhece...
 Encontro a confirmação do sonho
que se faz pelo vazio de seu lugar
e mais uma vez entendo,
que o meu envelhecer é a continuidade
do caminhar na estrada da vida
com suaves paradas
 no banco solitário da saudade.


Fazenda Santa Rita, 27 de dezembro de 2009,
às 3h15

*********
 

Clique na imagem e envie para até 10 pessoas

CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

Home||Menu||Livro de Visitas||E-mail


webdesigner:
*Ja(Mulher)*